Confusão no carnaval de SP

Publicado em 21/02/2012 18:49 285 Comentários
c:\>Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrPin on PinterestEmail this to someoneShare on LinkedIn

P. A.: Cara, que baixaria essa confusão no carnaval de São Paulo…
Programador: Ah, não dou a mínima para o que rola no carnaval…
P. A.: Caramba, as torcidas organizadas fizeram a maior zueira…
Programador: Cara, não dou a mínima para torcidas também…
P. A.: Olha só, para resolver estão pensando em fazer a apuração informatizada, com um sistema em .net…
Programador: EM .net?!? AS PESSOAS NÃO VALORIZAM MAIS O CARNAVAL??

Tag: ,

Categorizados em:

285 Comentários

  • Emerson de Oliveira Carvalho disse:

    Pow sacanagem kkkkkk .net é foda rsrs otima tirinha parabens. :D

  • Rafael Duarte disse:

    Xiitas vão ter o que fazer hj a noite…

    Bem que poderiam criar um bloco de carnaval chamado “Bloco de Notas” focado ao povo de desenvolvimento…todo mundo fantasiado de Programador Real

  • Weldys Santos disse:

    First things first :P

  • @rthut disse:

    Podem se degladiar …

  • Quesito: HUMOR, NOTA! 8.9… heheh

    Foi mal programo em .Net.

  • Sybylla disse:

    Programador Real prevendo o futuro, neam? :P

  • Lucas disse:

    e o site da Liga das Escolas de Samba será em asp.

  • Leandro Passos disse:

    Rápido no gatilho! =)

  • Leonardo Berbert disse:

    heheheheheh Muito boa!!!

  • Gabriela Fernandes Martins disse:

    ahsuhaushauhsa…

  • Denis disse:

    Nem falo nada dessa tirinha…já vi milhares de sistema em .NET melhores do que uns em Java por aí. Tem gente que ainda não aprende que a plataforma não é o mais importante.

    • Leandro Passos disse:

      O importante é a afinidade com a linguagem/IDE, seja a mesma .Net, Java ou até C#.

    • rondineli disse:

      Denis: Media Geral : 10,0

      Sou do Delphi e quando vejo os Javeiros aí falando mal de outras plataformas
      já imagino o nível das peças.

      Bando de especialistas -> “em cadastro de nota fiscais”

      • Victor disse:

        Tem muito “Javeiro” que trata Java como uma religião onde se louva a grande Java…… Na faculdade onde estudo, tem muita gente que não tem capacidade de entender que cada linguagem tem suas vantagens e desvantagens e por isto, são mais adequadas a um tipo de aplicação.

        Eu não usaria Assembly para fazer uma página para web assim como não usaria python para fazer um driver. Isto não torna uma linguagem melhor que a outra, só mais ADEQUADA.

        • zica disse:

          Na verdade tem fan boys de todos os lados… Tem um cara no meu facebook lover boy de .Net, que fala cada coisa nada a ver de Java que meu deus… Creio que para avaliar uma plataforma em detrimento a outro, vc deve conhecer muito bem as duas… senão é só achismo

    • Marcelo disse:

      Tem gente que ainda não aprendeu o que é HUMOR, PIADA!

    • Henrique Pacheco disse:

      “Nem falo nada”, mas “falou”!

    • Victor disse:

      Ninguém esta dizendo que a plataforma é o mais importante. Mas portabilidade é uma grande vantagem. Basicamente, se eu fizer em Java, Qt/C++ etc; eu posso fazer o programa funcionar em várias plataformas sem muito esforço(só empacotando o .jar e recompilando no caso do Qt), isto já da muitas vantagens. Uma lista de vantagens que a portabilidade PODE oferecer.

      1 – Se um cliente usa servidor windows e outro usa Linux e ambos pedem sistemas similares, eu posso reaproveitar códigos, coisa que não poderia fazer se estivesse optado por usar .net.

      2 – Se eu quiser trocar a plataforma do servidor, eu faço sem grandes problemas com este software. Migrar de Linux para FreeBSD ou windows seria bem mais fácil neste caso.

      3 – Em desktops, poucos usam Linux, BSD ou MAC OSX, mas em celulares, .net = só para windows phone, ou seja, só uns 5% do mercado. Java = quase 100% do mercado.

      .NET tem suas vantagens, mas descartar completamente as vantagens de um código/programa portável é triste…..

      • Rodrigo disse:

        Já ouviu falar em Mono?

      • André disse:

        Que isso pessoal, toda linguagem tem suas vantagens e desvantagens… exceto uma… que vc pega todas as vantagens existentes em todas as linguagens, acrescenta bugs a essas vantagens, faz uma portabilidade POG até nascer o Java… depois vende pra oracle, a fabricante do melhor banco de dados do mundo, e claro que é o melhor, com o hardware necessário para rodar se não fosse bom, né?….

        bom, isso foi só para trollar mesmo, ignorem =)

      • Belintani disse:

        Dificilmente você encontrará clientes de mesmo seguimento que utilizem plataformas diferentes(pelo menos com meus clientes é assim).

        Nada contra o java, quando desenvolvo projetos para clientes governamentais ou bancários, utilizo-o com muito gosto. Mas o que eu acho um desperdício é desenvolver um projeto em Java para rodar num servidor windows.

      • Hay disse:

        Vi alguns aqui comentando a respeito do Mono. O fato é que a performance do Mono deixa bastante a desejar. No caso de aplicações Web, a performance é abismal e o suporte a novas features como LINQ não é grande coisa.

        • Ronoaldo disse:

          Sobre performance mono vs .net framework: o Mono foi a decisão da Unit 3D para o desenvolvimento de uma engine de jogos devido a performance e suporte para operações de vetores (algumas inexistentes no .NET). Em alguns benchmarks, o compilador JIT do Mono é melhor que o da plataforma .NET da Micro$oft.

          Quanto ao LINQ, eu sugiro usar o NHibernate, que além de ser multiplataforma e funcionar bem no Mono/.NET, torna a migração de um SGBD para outro bem mais simples.

          Apenas meus 2 cents!

          Show de bola a tirinha!

    • /dev/urandom disse:

      Também não entendo porquê desta briguinha besta pra saber qual é a melhor linguagem.

      É C++ e pronto, não sei porque tanta discussão.

    • Bitetti disse:

      é só vc n se prender a certas tendências micro$ofitianas que o sistema fica bom.

      • Victor disse:

        Se tem uma coisa que aprendi, é nunca escreva M$, micro$oftianas, etc; muita gente trata a MS como uma divindade que não pode receber críticas e nem ser zoada. Eu nunca vi alguém sendo insultado por criticar qualquer empresa, mas quando criticam a MS….. E pior, já me chamaram de freetard por escrever M$, nunca vi ninguém que zoa a nintendo escrevendo ñintendo e a apple escrevendo CrApple sendo zoado,

  • /dev/urandom disse:

    O Bloco de Notas foi rasgado =/

  • Carnaval do Caralho disse:

    Faz em Delphi para Web

  • Roberto disse:

    Faz em java que fica rápidão!! kkk

  • Claudio.Net disse:

    Se o progranador for bom a plataforma não importa
    Viuvas de pinguim

  • Rodrigo disse:

    Depois do Delphi, é a vez e falarem mal do .net. O objetivo do site é humor ou causar polêmica?

    Antes de atacarem a plataforma só por ser da M$, vamos fazer o dever de casa, ok?

    OBS: Trabalho com Java, mas conheço o bastante pra saber que a plataforma .net permite coisas que a máquina virtual Java não permite (Generics real, Otimização de chamadas recursivas, call//cc, entre outras).

    • Bitetti disse:

      Uso de ponteiros e rodar código inseguro é a melhor coisa dela.
      Acho q o vidadeprogramador esta se especializando no filão das flamewars.

    • Velho Chato disse:

      Dot Net também te permite ficar preso à Microsoft para sempre.

      • Victor disse:

        Este é o pior. dotNet tem muitas vantagens, mas para usa-lo, você é “obrigado” a usar windows. Ninguém merece auto executável, vírus, firewall, spyware, NTFS, fragmentação, lerdeza, BSOD, lerdeza, etc; mas infelizmente, eu sou obrigado a ter dual boot por causa de alguns programas que só funcionam nele. Eu ainda sonho em ver só o meu amado Debian no grub, mas infelizmente, o wine depende de muitas configurações para rodar algumas aplicações.

        • Lcomino disse:

          Concordo com você, mas da pra usar .net pra web.. asp.net com c# e ae??
          Sistemas web que rodam em qualquer sistema, linux , mac os, mobile.. sendo ele android ou ios..
          e ae o que me dizem?

          • Victor disse:

            E o servidor do site??? Posso hospedar o meu site que desenvolvi em .NET em um servidor com FreeBSD? E em Linux?

            Até vai usar o windows em desktop, mas em servidores……

          • Fábio Martinazzo disse:

            Tem a alternativa do mono… mas migrar um sistema com funções do .net 4.0 não vai ser tão simples… o mono, até onde eu li da última vez só tem suporte até o 2.0… também parece que não tem suporte ao Entity (muitos sistemas em .net usam Entity para ORM). Então a parada fica tensa… Mas eu ainda prefiro fazer uma mescla.. programadores Java pelo menos aqui onde a gente trabalha são mais escassos e consequentemente caros.

  • Junior disse:

    haters gonna .hate
    uahauhauahua

  • Rafael disse:

    Kkkkkkk….. ótima tirinha!

  • O primeiro que pensei foi “rasgaram os envelopes e tiveram que interromper a contagem? Cadê a contingência ? Cadê o backup ?” Hahahaha !

    Só Jesus salva…

  • Diego Silva disse:

    Se pudesse eu PULARIA o carnaval. Tiraria ele do meu calendário. Uma data totalmente inútil.

    Tanta gente sem onde morar, tanta criança sem ter o que comer, e gastam milhões (até BILHÕES) para… festejar… “Que se danem os problemas, vamos é pular carnaval”

    É uma festa onde bilhões são jogados no lixo, onde ocorrem vários acidentes de trânsito devido à direção embreagada, onde ocorre um aumento nos índices de gravidez precoce e de DSTs.

    Lamentável.

    • Diego Silva disse:

      E ao invés de brigarem por segurança, por educação, por uma política mais honesta, por saúde, não… brigam por 12 caras milionários em campo (times de “fútilbol”) e por organizações que gastam e lucram bilhões em fantasias, mulheres nuas e dança (escolas de samba).

      E assim prossegue o Brasil em 84º no IDH.
      Nota Zero em desenvolvimento.
      Nota 10 em alienação mainstream e futilidade.

      • Marcio Goulart Silveira disse:

        Eles acreditam que vale a pena brigar por isso, então eles brigam. Já as pessoas que consideram que isso é um absurdo e que acreditam que há coisas mais importantes para se brigar, não brigam por estas coisas também.

        Em resumo o Brasil nada mais é do um país em revolucionários possuem uma causa inútil e um bando de covarde possui uma causa interessante.

        • kIKO disse:

          Marcio Goulart Silveira… meus parabéns… acho que vc resumiu muito bem o que somos.

          Infelizmente a grande maioria (e me incluo nela) esta no grupo dos covardes com causa.

    • @Aramati_ disse:

      Claro, porque alegria é uma coisa totalmente inútil, principalmente se você mora na favela.

      Pra que festejar? Pra que ser feliz uma vez ao ano? Pra que pobre precisa sorrir? Pra que a economia do pais precisa movimentar milhões?

      Coisa inútil né?

      • J-Chist disse:

        Você escreveu mais ou menos o que eu ia falar. É fácil bancar o cult anti-carnaval quando se tem dinheiro no bolso para gastar com lazer no momento em que der vontade. Eu também não gosto de carnaval, passei esses últimos dias dormindo e vendo filmes, mas as pessoas que gostam tem direito à diversão delas. E francamente, achar que o Brasil é uma merda por causa dessa festa mostra a tremenda ignorância até daqueles que se acham muito esclarecidos em relação ao País.
        Muito dinheiro é gasto com o carnaval, mas imaginem se o dinheiro que é arrecadado nesse mesmo carnaval fosse usado em prol do povo?

      • Saraiva disse:

        “Panis et circensis” é o que voces defendem? Alegria uma vez por ano e os problemas estão resolvidos… Não sou contra o Carnaval, sou contra o patrocínio público sem um retorno social sólido, meu imposto é gasto em algo que eu não apóio e não melhora minha comunidade.

        • J-Chist disse:

          Você é cheio da grana, hein? Seu imposto sozinho banca o carnaval! Ei, você aí, me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí!

          PS: por favor destaque a frase em que eu ou o Aramati falamos que basta alegria uma vez por ano e os problemas estão resolvidos.

          • Saraiva disse:

            Isaías Ao-pé-da-letra, É Você?!
            Vá ler um pouco sobre figuras de linguagem e interpretação de textos, ao invés de ficar no fap-fap assistindo desfiles, depois fala comigo.

      • Someone disse:

        Festejar que a pessoa continua pobre e etc? Desculpe, mas o choque de realidade de “Olha como eu tô feliz” e “Poutz, não tem nada para comer de novo, vou ter que ficar com fome” que as favelas e tudo mais devem sofrer é MUITO pior do que pensar em investir esse dinheiro corretamente em coisas que REALMENTE interessam..

        Isso porquê enquanto tem um bando de mulheres praticamente nuas e pessoas fantasiadas pulando adoidadamente na rua, existem pessoas IMPLORANDO para VIVER no corredor de um hospital cuja reforma ainda nem acabou por falta de investimento PÚBLICO..

        Dinheiro? Não deve faltar para o governo (visto que há espaço até mesmo para a corrupção em nível avançado), mas gastar mais de 3 milhões em uma festa na qual a FALSIDADE é levada mais em conta do que a FELICIDADE (sim, porquê você MENTE para si MESMO e para os outros que estão tudo bem) só me remete aos tempos gregos de gladiadores e afins no qual o governo trazia DIVERSÃO para o POVO se ESQUECER dos problemas da época..

        E isso sem considerar aquelas mulheres super-sérias que vivem protegendo seus “direitos” em relação aos olhares masculinos e etc mas que quase ficam nuas pulando na rua, né?

        Desculpe, eis que não posso, não devo e não concordo em nenhum ponto com você sobre este assunto..

      • Victor disse:

        Disse tudo.

        Eu não gosto de carnaval, mas :

        Que direito eu tenho de criticar quem gasta R$ 1000,00 no carnaval, se eu gasto isto em um PS3?

        Que direito eu tenho de criticar as mulheres semi nuas nas paradas, se eu jogo Soul Calibur e gosto das mulheres deste jogo, além de baixar ecchis sem censura?

        Que direito eu tenho de criticar as músicas, por não ter profundidade intelectual, se eu jogo vários jogos, como Sengoku Basara(que infelizmente foi traduzido para inglês como Devil Kings) onde você só mata? Já cheguei a matar 1500 soldados em uma fase de menos de 10 minutos. Entretenimento NÃO TEM QUE TER ALGO INTELECTUAL se tiver, um ótimo adicional.

        • Saraiva disse:

          Concordo plenamente, mas você citou um ponto chave: Você escolhe gastar. Critico o patrocínio com dinheiro PÚBLICO, deixe-me ser mais claro: gosta de andar de carro? compre seu carro pague os respectivos impostos e tudo certo, se não gosta de carro não paga nada, é opção.
          Já o carnaval gostando o contribuinte ou não, pulando pelado ou indo para um retiro religioso, a verba pública é gasta em carnaval, sacou?

    • J-Chist disse:

      Discípulo de Danilo Gentilli detected…

  • Chamycal disse:

    Eu sou desenvolvedor #C Sharp e VB e não me senti ofendido. (Preciso aprender uma linguagem que preste viu…)

    • Victor disse:

      Eu prefiro mil vezes o Qt/C++ ao C++/CLI, prefiro mil vezes, Java a C#, etc; mas infelizmente, .net domina o mercado…… Não que .net seja ruim, é bom, só acho que existe coisa melhor.

    • Giovanni disse:

      Linguagem que presta pra mim é a que paga mais, ficar discutindo o que é melhor ou pior em termos de linguagem de programação é coisa pra aluno de faculdade que ainda nem sabe com o que vai trabalhar haha.

      • Chamycal disse:

        Eu esqueci de deixar o Ironic Mode ligado.

        Vocês levam tudo a sério mesmo hein…

      • Almir disse:

        É isso ai, concordo plenamente. Eu programo é pra ganhar dinheiro e não pra carregar uma bandeira de uma linguagem. Vcs são pagos pra defender alguma?! KKKKKKK.

      • Bitetti disse:

        Ninguém é obrigado a progamar só por dinheiro, você pode ser um gari de dia e fazer comits no kernel do Linux a noite.

        • Giovanni disse:

          Obviamente, nesse caso a programação é mais uma diversão, é o que eu fazia com ela antes dela se tornar um trabalho, depois de tantos anos é difícil hoje em dia eu mexer com isso só pra brincar, me obrigo a estudar porque preciso, infelizmente quase tudo que transformamos em trabalho acaba tomando esse rumo.

          Discutir linguagem é besteira pura, você pode analisar todas as possíveis e nunca vai encontrar a perfeita, porque ela simplesmente não existe.

          Maioria dos problemas vem de projetos mal estruturados, falta de testes, entre outros problemas que simplesmente não tem linguagem que venha a solucionar.

          Java por exemplo ainda é uma melhor opção pra quem precisa de portabilidade (Mono funciona bem sim, mas não atende 100% do .NET Framework), o que não é o meu caso, raramente algum cliente me pergunta se o sistema funciona em Linux, e dizer que não funciona nunca foi problema pra fechar negócio.

        • Vinicius disse:

          é verdade, eu conheço um monte de maluco que é gari e programa muito….
          os caras são foda!!!!!!
          Eu sou programador, mas a noite saio catando umas latinhas na rua por puro prazer!
          :)

  • Flavio Silva disse:

    Haters gonna hate!

    Flávio Silva
    .Net Programmer

  • Adorei a tirinha, @ProgramadorREAL! Hahahahaha

    [off]

    Que comece o quebra pau em 3.. 2.. 1..

    [/off]

    []`s

  • Altair disse:

    Ahhh… galera, eu programo em C#, VB.NET e não me senti ofendido não, o que vale é a piada mesmo. Com toda certeza que a idéia do Programador Real foi essa…. Apenas fazer uma piada…. Certo???

    Diga que sim…. por favor….

    rsrsrs

    Abraços….

    Vida de Programador…. NOTA…. 10!!!

  • Adriano disse:

    .NET SEMPRE

    SEM MAIS!

  • BrucePC disse:

    gostei da camisa. o titulo da tirinha deveria ser “3, 2, 1, FIGHT!!!!”

    serviria tanto para o carnaval quanto para os comentários :D~

  • Também odeio carnaval e por mim quanto antes for destruído melhor. Agora Imaginem blocos de programadores desfilando. Fantasiados de que? dividindo por linguagem então affe hauahuahua

  • Agora o Programador jogou merd@ no ventilador para ver o oco!

    Massa…

  • Márcio Rigues disse:

    Pelo contrário, é por programar em .Net que valorizam o carnaval!! haiuahiauhiauhiauha
    Brincadeira né! =)
    Cada linguagem tem seus pontos fracos e ruins, seus xiitas! =) rsrsrs
    Parabéns pela tira, valeu a “merda tacada no ventilador”! =D

  • Xicaum disse:

    Pô… até da europa se tá postando? Isso que é ser fiel aos seguidores!!!

  • Vitor Esteves disse:

    .NET não é programa, é brincar de lego….

  • Marcus Vinicius disse:

    Desorganização, nota…. 10!….. fanatismo…. nota 10! gota d`água, nota 8.9! Na tela da Tv no meio desse povo, a gente vai se ver no BOPE!!! rsrsrs

  • Márcio disse:

    ok… no dia que Java tiver uma plataforma de desenvolvimento descente nós voltamos a conversar….

    Visual Studio é o que há.

    Voltem pros seus blocos de notas e seus compiladores.

    DINOSSAUROS!

  • Raul disse:

    Isso não é nada, pior seria se fosse em Delphi.

  • Fernando Alex Helwanger disse:

    hahaha boa piada :P

    De qualquer forma, só pra constar alguns comparativos entre plataformas de desenvolvimento web:

    http://www.wrensoft.com/zoom/benchmarks.html

    http://stackoverflow.com/questions/2302933/asp-net-vs-php-performance-future-proofing-ease-of-development

  • Ari C. Raimundo (@acraimundo) disse:

    Olá,

    Gosto do blog e das tirinhas. Sou desenvolvedor C++ mas a linguagem e plataforma que mais gosto é C# e .NET. Não entendo qual seria o problema de um sistema em .NET.

    A plataforma, como alguns já escreveram nos comentários, depende mais de gosto. Acho ridículo quando pessoas dizem que uma coisa é melhor do que a outra. Até mesmo quando dizem que C++ é melhor do que Java ou .NET. Tudo depende.

    Seria mais prudente (IMHO) dizer na tirinha “sistema em PHP” do que .NET.

    Abraços.

    • J-Chist disse:

      Ridículo por que? As pessoas não tem direito à opinião mais? Que coisa chata!

    • Diego disse:

      Vejo que vc não conhece o significado de prudência ao comparar .Net com PHP.

      \\trolladinha de leve na 4ª feira de cinzas :p

    • Xicaum disse:

      Então…
      .NET tem ótimas ferramentas de desenvolvimento, mas continuar a ser Microsoft e feita pra rodar em Windows. Existe o servidor Mono, que roda .NET em linux, mas isso é uma questão de religiosa, e religião não se discute.
      Já falando de PHP, bom… PHP é ótimo pra quem sabe fazer, e é possível fazer porcarias como em qualquer linguagem. A grande dor de cotovelo de desenvolvedores de outras linguagens é que PHP, além de ser muiiiiito popular, está espalhada em todos os servidores do País, fora isso, é uma linguagem como outra qualquer.
      Java é algo complicado de se falar. Utilizar as premissas de boas práticas que Java nos obriga é ótimo, mas a linguagem em si complica demais coisas simples, por isso utilizar Groovy sobre o Java aumenta o rendimento e diminui a complexidade. Pena que servidores que rodam Java acabam cobrando caro pelo serviço.
      Outras linguagens como Python, Ruby e as demais também são boas… o que falta é mão de obra qualificada.
      Agora o Delphi, ah o Delphi. Já usei muito na graduação, inclusive no mestrado por ser uma IDE que traz preocupação com desenvolvimento (pois com os plugins não é necessário programar muito mesmo) e acabo me focando apenas no resultado (apesar do resultado ficar enjaulado em uma única arquitetura). O maior problema que eu via era a questão de Delphi não compilar em 64 bits, mas isso é coisa do passado. O maior problema mesmo é ser, em essencia, uma IDE para desenvolvimento desktop, e mesmo que faça para Web, está a anos luz de distância de boas ferramentas como o Netbeans, Eclipse ou o próprio Visual Studio.
      Bom… falei bastante, agora se matem no restante dos comentários.

  • André disse:

    KKKKKKKKKKKK

    Quanto maior o ego de um programador, mais putinho ele fica quando mexem com a linguagem dele!!

    É só uma tirinha bando de bitolados!!!

    A propósito, programo em .NET =p

  • Augusto Rocha disse:

    acho a maior babaquisse ficar julgando qual linguagem é melhor que qual, o bom programador escolhe a melhor linguagem para a demanda de cada situação.

  • Anderson disse:

    “É você SATANAS?”

    -Bruxa do 1 sobre .NET!!!!

  • Raphael disse:

    Eu n to nem ai se é DELPHI / .NET / JAVA / PHP / RUBY desde que vc tenha uma idéia decente que faça você ganhar MUITO dinheiro ou ajudar alguém isso é que importa. Pq hoje qualquer peão sabe programar !

  • Lipelandim disse:

    Depois que java tiver uma IDE de desenvolvimento do nível do visual studio, podemos voltar as críticas…. pq eclipse, netbeans e cia, são uma meleca gigante

  • Luiz Henrique disse:

    Sacanagem. Tá parecendo piada de gaucho contra paulista…

  • Édipo disse:

    Para acabar com a confusão dos Javalescos com os NETS vejam o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=ackXqfl7h-A

  • davi500 disse:

    Será que essa tirinha vai dar muitos comentários igual a do delphi? …

  • Alex Michael disse:

    Gostei bem “imparcial” kkkk

  • É pra acabar disse:

    Ptz, esse site é realmente um lixo, todos os programadores babacas e inuteis devem vir aqui, porque os programadores de verdade não se dariam ao luxo de perde alguns minutos nessa página, que só fala merda e tem aqueles *programadores* fodões do Java, que usam ferramentas como o Maker e se acham fudidos, pqp, ajuda Deus.
    .NET não serviria para fazer o programa? Haha, acorda gente, logico que o programa seria muito bom…não seria tão portavel, mas a ideia deve ser mesmo tem um PC com Windows para isso.
    Parem de criticar linguagens e tecnologias e vão fazer o seu nome, pq tá dificil de ficar achando esse Programador REAL o cara, até hj só vi tirinhas dele….mas cade o nome dele na informatica?? Cade o blog pessoal dele sobre programação??
    Se alguem tiver a resposta, posta ae.

  • Hudson Mendes disse:

    Mas cara, o .NET tá TÃÃÃÃÃO bacana agora!
    O código e arquitetura tão ficando TÃO bunitinhos c/ ASP.NET MVC 3/4 e .NET Framework 4 =)

  • @Aramati_ disse:

    Só eu que achei que tem mais gente dizendo “Pra que discutir a melhor linguagem?” do que gente discutindo qual é a melhor linguagem?

    • kIKO disse:

      É que o Programador “REAL” descobriu que falar mal das linguagens faz com que o blog dele tenha mais acesso e quem sabe um dia as tirinhas fiquem mais conhecidas.
      Parece que pouco importa para ele se ta todo mundo se ofendendo… ele quer é resultado.

      Infelizmente apesar de sermos programadores e (imagino eu) termos um nível intelectual e oportunidades melhores que muito brasileiro, ainda sim mostramos o nosso lado de seres não evoluídos.. ofendendo e agredindo verbalmente pessoas que nem conhecemos… bela bandeira de propagação de ódio vc esta fincando Programador Real… nem todos conseguem ver que isso é só uma piada.

      Já gostei mais desse site. Quando ele só divertia e descontraia.

      • ProgramadorREAL disse:

        Cara, eu mesmo tô de saco cheio dessas discussões… Minha vontade é nem falar mais de linguagens… Mas acho um pouco incoerente um site chamado “Vida de Programador” não poder mencionar uma linguagem…

        Até porque sei que a vida de um programador sempre envolve uma trollagem (saudável) com outros programadores/suportes/dbas/estagiários/etc/aliens/jedis/hobbits…

        Eu mesmo vivo zuando amigos pessoalmente mesmo que usem as mesmas linguagens que eu…

        Mas olha só: se não me engano, foi o Jorge Amado que uma vez prestou vestibular só para ver como estavam interpretando as obras dele. Resultado: quase zerou as questões que falavam dele mesmo. Então, podem falar que só quero saber do resultado… Mas continuo querendo o mesmo que sempre quis desde o começo: me divertir e fazer outros rirem…

      • Cazelli disse:

        Concordo, essas piadas óbivias não causam nem aquele riso de canto de boca, mas geram uma grande discução.

    • javeiro arquiteto disse:

      JAVA! é o melhor…. não tenha duvidas.

  • João Henrique disse:

    Se java fosse bom, tinha preço

  • Aninha disse:

    Ai ai.. que povo extressado.. Não sabem levar nada na brincadeira…. ‘-‘
    gostam de fazer polemicas.. credo!!

  • Carlos Cruz disse:

    Acho que o programador real tem sérios problemas com Microsoft pois já vi em piadas ele falando mal de asp agora de .net, a piada seria a mesma se ele não tivesse tentado citar a linguagem.

  • Carlos disse:

    7.0 Na tirinha, sou programador .Net :P

  • troll arquiteto disse:

    [noob detected!]

  • Maycon disse:

    [troll detected!] Confirmado

  • Maycon disse:

    Carnaval e bom rsrsr

  • Alberto Yukio Sato Junior disse:

    Fico imaginando como vai acontecer essa cena no próximo carnaval.

    “Integrantes invadem palanque de apuração das notas e quebram notebook usado para armazenar as notas de todos os jurados. Não foi possível completar a apuração das notas porque o único local em que as notas estavam armazenadas era no HD do notebook, que ficou inutilizável. Todas as outras formas de armazenamento das notas, para evitar vazamento, foram destruídas após serem unificadas em um único local e não possuiam backup”

  • murik disse:

    Na boa véio se fizer em .NET vai ser foda a coisa agora se quer ver realmente dar merda isso faz em PHP ai a coisa vai pro pau mesmo tirinha NOTA 10

    • Iuri Freire disse:

      É isso mesmo…
      Faz em ASP.NET, cria lá um Html.CheckBox, roda a aplicação, exibe o código pelo navegador e posta aqui o resultado…
      Um ChackBox em true e false ao mesmo tempo…

  • Thiago disse:

    Esse site já foi melhor…. só se resume a esse tipo de “piada” agora.

    Que tal fazer a piada de como o Facebook entrega para o governo americano os dados dos usuários ? Ou sobre o Wikileaks ? Crie polêmicas sobre o que vale à pena, disputinha infantil de linguagem é tosco demais.

    • Jenny disse:

      A questão é que os próprios leitores do blog acham engraçado ver o povo se matando nos comentários…. :)

      E realmente é bem legal ver como o povo se sente ofendido somente por falar mal da tecnologia em que eles trabalham… Eu particularmente acho bem engraçado mesmo ver o povo quase xingando a mãe do outro porque falou mal de .Net, Delphi, PHP ou seja lá o que for… :D

      Lembrando q a tirinha q teve mais comentários foi a que o @programadorReal falou mal de Delphi… :D

      Mas essa idéia da tirinha sobre o facebook é legal hein :D

      []s

  • Bitetti disse:

    Segunda feira…. oops Quarta! e eu tenho q ver uma noticia dessas. Ao menos espero que estejam usando Mono.

  • George Fox disse:

    Este site é imbecil, o cara desenvolve para ambiente windows e critica .Net, duvido estas lingugem do pinguim terem os recursos que se encontra no .Net, e a velocidade de desenvolvimento…

  • Lipelandim disse:

    Pq não faz uma tirinha com críticas ao Java tbm? ou pelo menos deveria ser imparcial.

  • Bruno de Toledo disse:

    Desnecessária esta tirinha. Se não tinha nada pra postar, que não postasse nada.

    Se fosse ao menos uma tecnologia antiga e em desuso pelo menos… mas quem fala mal de PHP, .NET, JAVA, RUBY, PHYTON e etc fala sem conhecer.

    Mais sorte para a próxima.

    • Thiago disse:

      Deveria ter escolhido uma linguagem que pelo menos fosse considerada ruim e não a que MAIS EMPREGA no mercado.

    • perdeu disse:

      tirinha de delphi ja perdeu a graça….

    • Lipelandim disse:

      O mínimo que deveria ter nesse blog é imparcialidade… pq como administrador do blog, o mínimo que ele deveria saber é… aqui vem programadores DELPHI, .NET, e etc. diariamente.

      • perdeu disse:

        isso ai, so pessoal q arrasta componente de um lado pro outro….vem trollar aqui.

        • Lipelandim disse:

          mesmo jeito que tem gente que arrasta componente pra tela diz que programa .Net
          tem gente que programa java sem usar NENHUMA camada diferente da de apresentação e fala que é Sênior em Java….

          Sei .Net e sei Java… e quem faz a linguagem é o analista… código porco, vc vê em qualquer linguagem do mundo….

        • Thiago disse:

          Como trollar um site que por si só é um troll ?

        • Bruno Rebocho de Toledo disse:

          A flexibilidade do .NET é tanta que te permite trabalhar clicando e arrastando ou não, seguindo o modelo mais tradicional. É sua escolha. Isto demonstra que você não conhece a plataforma e não tem moral nenhuma para falar bem ou mal.

          Todos que dizem que .NET é clicar e arrastar não conhecem a plataforma. Eu, particularmente, não trabalho com nenhum componente “pronto” do ASP.NET, e por trabalhar com HTML puro não me faz mais ou menos programador .NET. Como disse, a flexibilidade da plataforma nos dá a opção de escolha.

          Eu escolhi HTML puro, Javascript puro e não utilizar nenhum componente “pronto”. Pode ser que um dia preciso utilizá-los por N motivos, e eu terei mais esta opção para trabalhar.

          Aliás, em tempo, trabalhando com Eclipse em desenvolvimento Android, ele nos dá a opção de criarmos a IDE da Activity clicando e arrastando os componentes pela tela. Só uma observaçao…

          []s

    • /dev/null disse:

      “PHP, .NET, JAVA, RUBY, PHYTON” TUDO CRUDeiro, programar que é bom nada.

      PS. Python tá escrito errado, pelo visto é você que “fala sem conhecer” :)

    • Thiago disse:

      Talvez fosse melhor vc reconhecer uma brincadeira..

    • ProgramadorREAL disse:

      O duro é que o povo foca na linguagem…

      Tá bom, vamos lá explicar o humor:

      O programador não briga por causa de carnaval, não briga por causa de futebol, não briga por religião… Mas é só mencionar uma linguagem/tecnologia que mexe com o âmago do seu ser…

      Dica para interpretar as Tirinhas: troque .net (ou a linguagem/tecnologia que aparecer) por X (sendo X o que você quiser) e seja feliz…

      • Eric Frata disse:

        De fato programado é chato pra caramba qndo se fala de linguagem.. vc já zuou com umas 4 linguagens de programação, e a galera ainda toma pro pessoal..
        Sou da família .net e curti a tirinha.. =)

      • Igor disse:

        ProgramadorREAL, eu só queria entender como o povo vem num site de humor pra ficar discutindo de forma séria sobre o que é escrito… Ah, vão catar coquinho na beira do barranco… Vão assistir Big Bang Theory, quem sabe o humor de lá não é mais refinado (geek)…

      • Programo para o q estiver pagando disse:

        Fez a piada, com tom de fanboy e agora está tentando por panos quentes….

      • Fabio Alves disse:

        Na boa concordo com o que você disse mas ainda acho que se você não especificar a linguagem é melhor .

        Lógico que tme gente que vê graça no povo se matando aqui nos comentários mas ao mesmo tempo pode parecer que você tá agitando um debate mesmo sem querer.

        conheço ASP, Java, .NET, Delphi, C++ , VB e até clipper e sinceramente acho bobeira a discussão mas cada um na sua.

        Mas quando cita uma linguagem parece que voc~e esta julgando aquela uma coisa ruim

      • Iuri Freire disse:

        Eu troquei X por ASP, .NET, C#, F#, Visual Studio, SQL Server, Windows, Microsoft…
        Acho que vou rir até o próximo carnaval…

  • Leandro disse:

    então mais tem que desenvolver já pra funcionar pro ano que vem ai tem que ser em .net mesmo ,mais rápido e estável em java e companhia Ltda. nem nas olimpíadas ta pronto o sistema kkkkkkkkk

  • Versuchung disse:

    Será que um dia vai sair uma tirinha Zuando com PHP e Java? Acho que não.. o programadorREAL deve programar nelas…

  • Thiago disse:

    E lá vai os fãs de linguagem encher a P@$&&%@%$& por uma piadinha! –”

    Aliás, boa tirinha! :D

  • Eduardo disse:

    Boa tirinha rsrsrs.
    EM .net nãoooooo

  • /dev/null disse:

    “PHP, .NET, JAVA, RUBY, PHYTON” TUDO CRUDeiro, programar que é bom nada.

  • Gustavo disse:

    Pq Não Cria em PHP…?… Abria um Votação Aberta no WebSite da Liga.. e Abri tb uma Votação Para o Juizes em PHP-GTK, Assim Poderia Passar o Resultado Via Internet…. Ou num Telão …. Desculpe se eu tiver Falando Besteira— * Estou Aprendendo Ainda a Programar… A Unica linguagem que conheço é o PHP…

  • Bjorn disse:

    Linguagem de Programação é igual sapato, cada um usa qual que melhor lhe servir no momento.

  • João Cabral disse:

    O negócio é programar em LUA!!

  • Hay disse:

    Por favor, pessoal, isso é uma piada. Eu já usei muito .NET e considero que este dá voltas, piruetas, cambalhotas e saltos mortais em volta do Java.
    Como disseram uma vez, “dizer que Java é bom porque funciona em todas as plataformas é como dizer que sexo anal é bom porque funciona em todos os gêneros”.

  • Perpétuo disse:

    Gostou da brincadeira né Programador Real? heehhe eu tbm… Ao menos não vão dizer que o .net tem proteção. Quem já tem opinião formada por essa ou aquela tecnologia dificilmente vai aceitar algo contrário, acaba virando retórica mesmo. De qualquer forma, são bons momentos de diversão. Valeu! Sou fã do seu trabalho.

    Obs.: sou da turma do C# hehehe

  • Mozart Falcão disse:

    Po Humor nota 10!!!
    sou programador .Net e me Rachei!!! Curti mesmo!

    Perco a linguagem, mas não perco a risada!

    só pelo fato de ser programador, em si isso já é uma piada! heheheheh

  • Eu acho muito engraçado todo esse povo que fala “o que vale é usar a melhor linguagem para cada situação” mas no fim das contas só usou uma profissionalmente a vida toda.

    A grande verdade é que um desenvolvedor excelente em uma linguagem X sempre fará um software melhor do que um mediano na linguagem Y – e usando a linguagem Y, porque o que define a qualidade do resultado final é o nivel do desenvolvedor e não da linguagem.

    É claro que algumas linguagens facilitam muito certos tipos de trabalho, mas mesmo nelas é possível fazer porcarias épicas.

  • a poco tempo conheci um cara com o tux tatuado no braço bradando o software livre… tinha 37 anos e morava com a mãe… preciso falar algo mais?

  • David Augusto disse:

    Todas as linguagens tem suas vantagens, desvantagens, forças e fraquezas(algumas tem mais desvantagens que outras em vários fatores desde licenciamento até erros cabreiros de compilação, e também vai depender da sua aplicação) no final das contas um programador ruim vai fazer cagadas em linguagens ótimas e um ótimo programador vai fazer milagres em linguagens terriveis e algumas linguagens nunca vão escapar de piadinhas… é inevitavel, quem já sofreu sabe… haha

  • Robson Vieira disse:

    Quem comentou algo do tipo ” quero ver usar arduino pra fazer web” ou “quero ver auto it pra mobile” se matem.

  • Vitor disse:

    Sou programador .net, e acho que seria perfeito essa apuração …
    o Carnaval já virou piada mesmo! roubos, propinas, titulos comprados …
    obs: também sei Java!!
    Daria muito trabalho fazer isso em java, muito trabalho para tão pouco!

    • ProgramadorREAL disse:

      “Sou programador .net, e acho que seria perfeito essa apuração …
      o Carnaval já virou piada mesmo!”

      Desculpe, mas não pude evitar de associar as suas frases (sabe o ditado: perde um leitor, mas não perde a trollagem :P)…

  • Igor disse:

    [troll]

    Se liga, pede pra sua mãe pronunciar .Net

    Ela vai falar “Ponto net”… parece o Prince que mudou seu nome para um símbolo…

    O código de ser assim lá dentro:

    if :-) then \o/ else “Sou programador”

  • ProgrammerMetal disse:

    Sacanagem criticar o .Net… o problema esta em quem programa, e nunca com a Linguagem.
    Criticar a linguagem é coisa de programar ruim, o importante é a performance da aplicação.

  • Boça disse:

    Meu, fecha os comentários, esses caras são muito chatos, falar mal da mãe pode, ter preconceito pode, falar de uma pessoa obesa pode… agora falar mal do que o cara programa (e num tom de brincadeira ainda), nãoooo… vou lhe matar, seu descerebrado, nãoooo, vou cortar os pulsos. A**holes.

  • julio sousa disse:

    Isso aqui ta pior do que festa de pobre,começa numa brincadeira mas só termina em briga, kkkkkkk.

  • Anitroll disse:

    Programa em PL/SQL? Em C#? Em Java? Em COBOL? Em ABAP? Tá pagando suas contas? Tem emprego/mercado? Dá $$? Então RIA da porra da piada, e vão fazer um pouco de SEXO, cabada de fanboyola.

  • Acho massa o povo aqui ressentido pq zuaram uma linguagem ou outra… Tou esperando pra ver qdo vc fizer uma pros linuxers… aí vc vai sentir a avalanche… aeueuaueauaeueueu

  • Elizeu Santos disse:

    hehe, realmente não dão mais valor ao carnaval!
    se dessem valor desenvolveriam em assembly!

  • Guilherme disse:

    Chiitismo é foda. As pessoas vestem a camisa de uma tecnologia como se fosse a de um time de futebol. Não veem que as coisas na TI foram feitas de maneiras diferentes, com propósitos diferentes, para e por pessoas diferentes. No final das contas o importante é entregar uma solução que resolva os problemas do cliente (não importa a tecnologia).

    Trabalho com .NET/C#. Mas até ontem estava usando só GNU/Linux no meu note (Debian), usava uma VM pra rodar Windows, vou instalar Windows Server 2008 R2 por questões de praticidade e desempenho, mas se eu conseguir um note melhor, não vou pensar 2 vezes em voltar pro Linux (Ubuntu dessa vez?) ou, se for um Mac, conhecer outro SO não vai fazer mal.

    Já programei em Pascal, Object Pascal (Lazarus), C, PHP, Java (recomeçando agora), mas só academicamente, e não teria problema em aprender outra tecnologia.

    Passei mals bocados com PHP que, apesar de ter um sintaxe simples, pra mim é uma tecnologia que peca em algumas coisas, principalmente se for fazer um sistema grande, por ser fracamente tipado, interpretado e trazer alguns recursos que facitam a vida de iniciantes, mas quando se vai fazer um trabalho profissional mais atrapralham do que ajudam. Mas e se for um site simples, por que não? É até mais fácil. PHP não começou OO e a OO nativa (sem framework) dele é meio estranha, pelo menos pra mim, mas tenho certeza que isso é porque aprendi OO básica em Java e depois me aperfeiçoei em C#. Usei um framework (Prado) que ajudou bastante, mas não é o ASP.NET, apesar de ser parecido. Tenho noção de que PHP é amplamente usado e pode-se fazer praticamente todo o tipo de sistemas web, vai do gosto/necessidade de cada um. Se fosse o caso, hoje trabalharia com PHP traquilamente.

    Da mesma forma já senti falta de algumas coisas de outras tecnologias, como o PHP, no C#.

    Tive (e tenho) muitos problemas com Linux também. Simples drivers e codecs que já estão disponíveis no Windows quando o mesmo é instalado ou podem ser obtidos com alguns cliques ou programas que automatizam determinadas tarefas (e também podem ser obtidos com muita facilidade) me fizeram perder algumas horas em pesquisas na internet e no terminal na gloriosa arte da linha de comando :)

    Além de achar que defender uma tecnologia é estupidez e burrice, só você, que faz isso, e outros otários do mundo imbecil das pessoas chiitas dão valor pra esse tipo de coisa.

    No começo me senti um pouco ofendido com a tirinha do Vida de Programador, mas depois de ler os comments parei pra pensar que eu estava sendo tão bobo quanto os chiitas que critico.

    Ser chiita só vai te levar a perder oportunidades de emprego, projetos, clientes e dinheiro. A dica que eu dou é que sejam independentes de tecnologia e respeitem as demais, mas sem perder o foco naquilo que realmente gostam.

    • Eric disse:

      Guilherme, falou tudo.

      Eu utilizo o Object Pascal (Delphi 5, 7, 2010, XE e XE2) e C# (ainda aprendendo), até em clipper já programei no meu primeiro emprego! Toda linguagem tem sua vantagem e desvantagem. Não adianta sair falando qual é melhor, tudo vai depender do projeto.

      Posso dizer que gosto muito do Delphi, e outro dia saiu uma tirinha falando dele, nem por isso fiquei discutindo sobre o assunto, até porque não podemos nos esquecer que é um site de humor, então pra quer levar a sério???

      Não ligo que as pessoas vistam a “camisa” da tecnologia, embora ache que temos que estar abertos à outras, mas vir num site de humor pra debater sobre isso é !@#$%¨&*().

      Todos tem um pouco de razão, afinal, cada tecnologia tem suas vantagens sobre as outras, mas por favor, vão discutir isso em outro lugar, não aqui!

    • Fábio Martinazzo disse:

      Assino embaixo. Eu particularmente tenho uma certa afinidade (tá bom, é muita) por Linux e C++, entretanto no mercado você tem que ter uma visão realista.

      Programar é uma profissão… esse troço é o que te dá grana. Limitar-se a determinada tecnologia por mera afinidade é andar pra tráz… Fora o fato que nem sempre afinidades são realmente realistas…

      Por mais que eu goste do Linux por exemplo, pelo menos na questão de compatibilidade ele não é bom.. isso é indiscutível.. e antes que algum troll venha me dizer: “Use wine ou qqr um desses softwares que utilizam bibliotecas similares a um sistema windows” não é a mesma coisa. Softwares feitos em versões recentes do .net por exemplo simplesmente não rodam… fora várias dores de cabeça com configurações que seriam facilmente resolvidas no windows.

      Também existe a questão de drivers… meu driver da placa de vídeo no Linux por exemplo não roda nem 50% da performance do mesmo driver pro Windows. É como se alguns recursos tivessem sido simplesmente castrados… o fato é que esse driver é atualizado quase que semanalmente pela nVidia, o que sugere que os próprios desenvolvedores de lá ainda não o terminaram.

      Enfim, o que quero dizer com isso tudo é que afinidade != realidade. Por mais que eu ame o Linux eu dependo do windows pra compatibilidade.

      Por mais que eu ame C++ o mercado na minha região não é tão vasto… então estou programando em C#.

  • Erick-Master disse:

    Não é mais fácil programar em Python? Basta compilar pra Windows e Linux :P

  • Fabio Zanela disse:

    gostei da frase da camisa

    Bloco de Notas

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    quando vi ri alto

  • Just a Thought disse:

    Eu acho importante SIM discutir esse assunto de linguagem. Eu aprendi a programar com VB6, e não tinha uma pessoa que eu falava que eu programava em VB que não torcia o nariz. Não importava se eu levava à risca todas as boas práticas de programação, e conseguia fazer praticamente qualquer coisa. Parece que as pessoas têm um bloqueio ao ouvir VB.

    Está enganado quem acha que não há preconceito com linguagem. Se, na prática isso não importa (na prática em termos de produto final), em geral há um consenso que os bons programadores usam soluções open source (Java, etc) e “fodas” (fodas leia-se C/C++) . É só mencionar o nome da Microsoft pra fazer torcer o nariz. Usar o Windows, então, é uma blasfêmia.

    Concordo que, em geral, todas as linguagens “mainstream” conseguem resolver os problemas, mas é óbvio que algumas facilitam, e muito, o processo (gosto MUITO de Java, mas LINQ e expressões lambda em C# dão um banho na sintaxe do Java).

    O único lado bom dessa discussão toda é perceber que, FINALMENTE, estão compreendendo que a linguagem não importa. O que importa é o programador.

  • Essa que foi a tirinha polêmica ???

  • Gustavo disse:

    Programo em .Net a bastante tempo. Achei engraçado auhuahuahuhau

    Senso de humor deve sempre predominar ;)

  • Andre disse:

    O fanatismo consiste em redobrar o próprio esforço quando nos esquecemos do objetivo dessa tirinha. Sem delongas!

  • Pecinato disse:

    Tanta linguagem boa, e usar justamente o .net?

    Mais o que vale e a tirinha. Ficou muito show.
    Esta de parabens…
    Nada como dar umas risadas pra descontrair um pouco.

  • Jucelio disse:

    Até porque se fosse em Java não teria apuração alguma, trava tanto processador
    que computador rebola mais que bonda$#$# das passistas.

  • Bruno disse:

    .NET é melhor que JAVA! Pronto, falei!

  • Daniel disse:

    Pow! Não detona assim o meu ganha-pão, poxa… kkkkkk :P

  • Eric Frata disse:

    As tirinhas que fazem mais sucesso são as que confrontam os Xiitas =).. hahaha.. é uma maneira da matrix dominar nossas mentes.. hahaha

  • Vinicius disse:

    Essa é a primeira tirinha que não gostei, .NET é a melhor Linguagem/Plataforma.

  • Deco disse:

    Programadores Java so abrem a boca pra dizer que java é bom por causa da portabilidade.

    Pois bem, quantos sistemas você ja desenvolveu para um plataforma e depois migrou para outra.

    java é um lixo… e .net tb

    Linguagem boa é a Pascal!! quem não acha isso … migre para a área de gerencia de projetos, que é local de quem não entende nada de desenvolvimento.

  • Elivando Amorim disse:

    O autor foi muito inteligente. De fato planejou as discussões em torno da polêmica referente à .NET.
    Vejam a correlação dos idiomas com as linguagens de programação. O português é falado em alguns países, ao passo que o inglês está presente em pelo menos 50 países com língua oficial; invariavelmente, tanto o primeiro como o segundo são suficientes para a comunicação. Da mesma forma há linguagens de programações mais utilizadas que outras, e cada “população” que faz uso de uma ou de outra deve ser eficiente para resolver seus problemas com o uso de tais ferramentas. Porém, vale salientar que é possível sim mensurar qualidade e riqueza tanto nos idiomas como nas linguagens de programa.

  • Igor Michael disse:

    E eu esperando sair o Firefox OS, e usar Javascript, Css3 e HTML5. Portabilidade é oq há!!!

  • Juliano disse:

    A melhor linguagem é o PHP mesmo, que à partir da versão 5 passou a contar com uma estrutura chamada switch/case que acelera o navegador

  • Caio disse:

    UAHUHEUHEUAHEUHUEHHEUAHEUHAUAHEUHEUAHEHEUHEUEHUEHUEHUEHAUHEAUHEUAHEUHEUAHEUAHEUAEHUEHAUHUAHEUAHEAUEHUEHUAHEUHAEUHEUAHEUHEUHEUEHUAEHUAHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>