Notícia triste para a música mundial

O assunto sai um pouco do escopo do site, mas eu não podia deixar de prestar minhas homenagens a Eduard Khil, o Rei do Trololó.

Eduard Khil morreu aos 77 anos (executou um Khil -9) na noite passada. Ele ficou mundialmente famoso pela sua canção (não sei se cantava alguma outra), que vocês podem ver no vídeo abaixo:

Também possui um site, em sua homenagem, o http://trololololololololololo.com/, que hoje está todo preto e com o título: "TROLL IN PEACE".

Em homenagem a ele, peço que aumentem o som de suas caixinhas e todos toquemos o vídeo indefinidamente, durante todo o expediente de hoje...

ATUALIZAÇÃO:

Segundo meu amigo Hélio, que decorou as informações da Wikipédia, a história dessa música é interessante. Diz que a música foi censurada e, por isso, o Eduard cantou sem a letra. Na verdade eu acho que ele não cantou a letra porque ela tava toda em russo... :)

Pela Wikiédia em português, tem essas informações sobre ele:

Eduard Anatolyevich Khil (em russo: ?????? ??????????? ????; nascido em 4 de setembro de 1934 em Smolensk, Rússia, falecido em 04 de junho de 2012), também conhecido como Eduard Gil, Edward Hill ou Edward Khil[1], é um cantor barítono russo e condecorado com o Prêmio de Artista do Povo da República Socialista Federativa Soviética da Rússia, ganho após a performance na canção soviética Pora v Put Dorogu.

Após se aposentar da carreira musical na década de 1980, Khil desapareceu lentamente do cenário cultural russo, ressurgindo em 2010 quando se tornou um fenômeno da Internet ao estrelar vídeo viral Trololo, uma versão vocalizada da música Eu Estou Feliz por Finalmente Voltar para Casa (em russo: ? ????? ???, ???? ?, ???????, ??????????? ?????) de 1976, no YouTube.[2] O vídeo já foi visto por mais de 8 milhões de pessoas ao redor do mundo e remixado em diferentes versões e até com outros ritmos musicais, como Reggaeton, Hip-Hop, Funk, Trance, Eletronica, House e Pop. Também surgiram montagens por comparações a Silvio Santos, por causa da semelhança do terno.

Eduard Khil faleceu no dia 04 de junho de 2012 hospitalizado em São Petersburgo em decorrência de um AVC, aos 78 anos

Sobre a música:

Nobody banned its lyrics, but my father just composed the music during the period of his disagreement with Lev Oshanin. The latter told him that the lyrics are more important in a song and that a composer is nothing without a lyricist. So Dad told him during the argument, "Well, I don't need your verses at all, I'll manage without them."
—Mikhail Ostrovsky, Rossiyskaya Gazeta

 

↑ Voltar ao Topo