As 10 características do procrastinador de sucesso

Esse texto não é meu, é do Teste Psicotécnico de Fabrício Olmo Aride

--

"(...) O procrastinador evita situações que causariam desprazer, e, em vez delas, participa de situações mais prazerosas. Em termos Freudianos, esses procrastinadores se recusam a renunciar ao princípio do prazer, em vez de sacrificarem-se no princípio da realidade (...)" Fonte: Wikipédia.

1) Analítico: senta-se à frente do computador e abre um documento ou uma planilha. Depois, curva-se um pouco para a frente com os dois cotovelos na mesa, as duas mãos no queixo e faz aquela expressão facial, aquele olhar 171, de quem está extremamente compenetrado na análise do documento. Enquanto mantém esta postura extremamente séria, pode pensar na vida, no chopp da noite, nos divertimentos do fim de semana, viagens... Enfim, sonhar à vontade. Pensar em tudo, menos no trabalho.

2) Proativo: constantemente sai de sua mesa e trafega por diversas áreas da empresa, com o seguinte cronograma: 5 minutos para tratar assuntos de trabalho e os outros 115 minutos restantes para organizar o churrasco do fim de semana com a rapaziada, tomar aquele cafezinho amigo e fazer o seu marketing pessoal, com o intuito de passar uma autoimagem de profissional dos sonhos de qualquer empresa. Após estas "duas horinhas", volta à sua mesa fazendo alarde sobre “as inúmeras dúvidas que teve de sanar e como ele conseguiu esclarecer tantos processos”.

3) Bem relacionado: o fato de gostar demais de uma conversa propicia ao procrastinador de sucesso fazer inúmeros contatos, ampliando cada vez mais o seu networking em cada empresa onde trabalha.

4) Líder nato: por possuir uma boa retórica, toma a palavra com propriedade em cada reunião da qual participa. Depois, no dia a dia, procura uma forma de distribuir as suas tarefas entre os colegas. Assume a tarefa mais simples para disfarçar e faz um grande alarde quanto ao "grande esforço necessário para realizar a árdua atividade". Após seus colegas fazerem praticamente todo o trabalho do procrastinador, ele assume o seu lado político e "agradece pela ajudinha".

5) Esforçado: esforça-se ao máximo para não trabalhar.

6) Intenso: descreve um e-mail que respondeu como "uma grande sugestão de melhoria dos processos de negócio da empresa". Descreve uma tarefa corriqueira como um "projeto". Pede uma semana para realizar uma tarefa que levaria duas horas. E por aí vai...

7) Sabe fazer o marketing pessoal: já foram descritos exemplos de seu forte marketing pessoal nos itens anteriores.

8) Realizador: esforça-se exaustivamente para receber a fama pelas realizações alheias.

9) Empreendedor: o procrastinador de sucesso leva a sério essa história de que “a empresa é a nossa segunda casa.” Por isso, transforma a empresa em seu próprio Home Office, onde usa e abusa do telefone e da internet durante muitas horas do dia para resolver seus assuntos particulares.

10) Astuto: consegue captar quando os outros já estão reparando em sua procrastinação. Nesse momento, é hora de dar aquela turbinada no currículo e procurar outro emprego, onde possa utilizar sua bela retórica e, assim, galgar outras oportunidades até realizar seu grande sonho: conseguir chegar ao cargo de gestor.

A partir de então, o procrastinador de sucesso se tornará um líder defensor da moral, dos bons costumes e do trabalho árduo e honesto. E passará todos esses valores para a sua equipe, para que ele próprio não precise aplicá-los. Como diz o poeta:

“Enquanto o outro trabalhava como um jumento
O procrastinador investiu em relacionamento.”

--

Para ilustrar esse indivíduo que conheci bem:

tirinha259

 

↑ Voltar ao Topo