Propaganda honesta 14/03/2011 12:45

Muito malvado?

Poderia ser pior 11/03/2011 19:10

Realmente, seria muito pior!

O lance do "free" 11/03/2011 13:30

Triste, mas real.

Not a number 10/03/2011 21:10

Não é frustrante?

Quer comprar a camiseta?

Momentos de um programador 10/03/2011 16:55

LEFT JOIN 09/03/2011 19:00

/* Sem comentários */

Experimento: Quanto café você toma enquanto programa? 09/03/2011 16:07

Todos sabem que "Programador é uma máquina capaz de transformar cafeína em código". Mas você já se perguntou quanto café você toma programando?

Quero propor um experimento. Durante uma semana (ou durante o tempo em que você achar interessante), enquanto estiver programando, coloque marcações em seu código toda vez que for buscar um copo (ou xícara ou caneca) de café. A marcação pode ser o que você quiser, mas é importante que seja sempre a mesma.

Sugestão: logo antes de levantar para buscar o café, ou logo depois de voltar, inclua o seguinte comentário no seu código, no lugar do código onde estiver mexendo no momento:

/* cafe */

Depois de uma semana, mande localizar quantas vezes esse comentário aparece e vai saber quantas xícaras de café você tomou naquele período. Se estiver no Linux, pode usar o seguinte código na pasta raiz de seus arquivos fonte:

grep '\/\* cafe \*\/' * -R | wc -l

Esse código retorna o número de vezes que o comentário "/* cafe */" aparece nos seus arquivos. Pode demorar um tempo dependendo do número de arquivos existentes, mas vale a pena.

Também vários editores (p. ex., eclipse) têm também uma função que busca um termo em todos os arquivos de seu projeto.

Daqui uma semana publico o meu resultado.

Mandem feedback se toparem participar do experimento. Posso publicar um overview juntando dados de vários programadores.

DICAS:

  • Cuidado para não apagar ou sobrescrever um arquivo que tenha o comentário /* cafe */ para não diminuir sua contagem
  • Cuidado para não copiar e colar indiscriminadamente arquivos com o comentário /* cafe */ para não aumentar a contagem de forma errada.

Quarta-feira de cinzas 09/03/2011 13:30

Você também está trabalhando de cinza hoje?

Por que há menos mulheres que homens em TI? 09/03/2011 00:19

Como hoje é Dia Internacional da Mulher, como homenagem, resolvi criar teorias de porque há menos mulheres que homens em TI. Em algumas regiões a diferença é tão grande que é difícil achar uma empresa com uma programadora.

Você pode concordar, você pode discordar, você pode criar suas próprias teorias, ou você pode nem ler e ir fazer algo mais interessante, como compilar o kernel.

Mas pensei no seguinte:

  1. As mulheres são mais inteligentes do que os homens, por isso procuram uma profissão onde se ganha dinheiro de verdade, ao invés de uma que te ilude.
  2. As mulheres são mais sensíveis e delicadas, e os computadores são seres que só funcionam bem à base da porrada.
  3. As mulheres gostam de se arrumar bem para trabalhar, gostam de se sentirem bonitas e desejadas, mas a maioria dos homens em TI só tem olhos para computadores e gadgets.
  4. A lógica das mulheres é muito mais complicada que a lógica dos computadores, o que torna para elas a programação algo trivial e sem graça.
  5. Muitas mulheres tem medo de ratos, por isso usar o mouse nem pensar! (Pootz, essa foi horrível)
  6. A área de TI possui muitos homens feios e esquisitos, o que deixa as mulheres com medo de se envolver. (Essa é a mais plausível)

Até agora só tenho essas teorias. Você tem uma melhor?

Feriado 08/03/2011 13:51

tirinha
Inclua essa tirinha em seu site
COLE ESSE CÓDIGO EM SEU SITE x

Essa é a sina de um programador...

Transcrição ↓

Amigo (no telefone): Fala rapaz, não vai trabalhar hoje?
Programador: Não! Ainda bem que a lei obriga a darem folga em feriado, senão estaria trabalhando normal hoje, como na segunda e na quarta
Amigo: E o que você vai fazer pra aproveitar?
Programador: Não sei. Acho que vou aproveitar para terminar um programa que está atrasado

 

↑ Voltar ao Topo