DevOpsDays chega a Maringá pela primeira vez (e eu estarei lá!)

Inscrições - http://bit.ly/2rcQAIi

O DevOpsDays terá sua sétima edição no Brasil sendo sediada na cidade de Maringá, no Paraná, dias 23 e 24 de março, no Sebrae. O evento acontece em mais de 40 países e nele foi criado o termo "DevOps" (em 2009, na cidade de Gante - Bélgica). O termo reúne "desenvolvimento e operações de infraestrutura" de tecnologia da informação (TI). O evento apresenta um conjunto de práticas para desenvolver aplicações e serviços de maneira automatizada, ágil e segura. Essas práticas chamadas "DevOps" são adotadas por grandes empresas e organizações como Google, Amazon, Netflix, Ifood, Mandic Cloud, Rivendel, Brascloud, Oracle e startups.

O primeiro DevOpsDays Maringá traz profissionais de impacto internacional. Um dos objetivos do evento é despertar o interesse de quem não conhece DevOps e discutir os assuntos por meio de palestras. "O tema não é muito recente, mas existem algumas lacunas sobre o tema a serem esclarecidas e a oferta de profissionais ainda é escassa. Queremos levar informação de qualidade a Maringá e região, trazendo palestrantes renomados internacionalmente a fim de desmistificar o que é DevOps e como a implantação dele pode gerar valor e agilidade ao negócio e principalmente a carreira das pessoas envolvidas nesse processo", explica o coordenador, Christiano Linuxmen.

Estrutura

O Sebrae Maringá conta com um auditório para 220 participantes, as inscrições já estão abertas pelo site do evento (www.devopsdays.org/events/2018-maringa) e até o dia 22 de março tem um custo de R$ 75 por participante. Entre o público esperado estão gestores, empreendedores, desenvolvedores, operadores de infraestrutura, estudantes e professores da área de TI. Haverá sorteio de brindes para os participantes e coffee break .

Programação

No dia 23, a partir das 19h, inicia o credenciamento dos participantes, com a abertura do evento às 20h e logo em seguida o keynote Rafael Peregrino, convidado internacional e diretor de operações do Linux Professional Institute (LPI) para a América Latina e Caribe conversa com os participantes sobre “O futuro está contratando!”.

No segundo dia (24), o evento começa às 8 horas da manhã e a primeira palestra é do humorista e programador Andre Noel, do site "Vida de Programador" e maringaense, que explica sobre o termo "DevOps: o que são? De que se alimentam? Eles precisam de salário?". Às 9h50, o arquiteto da Brascloud, Felipe Rossi, fala como ter uma "Cloud Pública 100% opensource". Na sequência, o desenvolvedor Pedro Henrique Machado traz em sua palestra dicas para nunca mais ouvir a frase “Na minha máquina funciona!”. Após uma pausa para o café e antes do almoço, a desenvolvedora de software Fernanda Machado faz "Testes de Performance com JMeter e Jenkins".

Logo após o almoço, às 13h30, o desenvolvedor e sysadmin Everaldo Canuto, apresenta sua palestra sobre “Infraestrutura barata e eficiente”. De 14h20 às 15h10, o Tech Lead na Rivendel Gustavo Biondo explica: “Se Você Não Pode Automatizar Algum Processo, Esse Processo Tem Algo De Errado!” na palestra “Provisionando sua infraestrutura com Ansible um case de sucesso”. Depois do coffee break da tarde, às 15h40, o arquiteto de segurança de software Bruno Dantas, conta como adotar uma cultura de segurança ágil. Antes do encerramento, o SRE senior na Geru Gustavo Lichti explica como aprender com os “problemas” no dia a dia.

Agende-se:

DevOpsDays Maringá
Dias 23 e 24 de março de 2018
Programação: https://www.devopsdays.org/events/2018-maringa/
Local: Sebrae Maringá, Av. Bento Munhoz da Rocha Neto, 1116 - Zona 7

 

↑ Voltar ao Topo